Hot Fiesta - Conheça tudo sobre a nova Fiat Ducato 2023

0

Veículo comercial ganha novo design externo e motor mais potente e econômico. Fiat Ducato 2023 chega em cinco versões e preços a partir de R$ 245,9 mil

Thiago Ventura

Itupeva (SP) – Um dos produtos comerciais mais clássicos do mercado brasileiro acaba de chegar à sua quarta geração. Trata-se da Fiat Ducato 2023, que ganha novo design, novo motor e nova nacionalidade de origem. Objetivo é manter a liderança e tentar voltar ao percentual de participação de pandemia. Com preços a partir de R$ 245.990, mira mais em preço do que em segurança, uma vez que não oferece equipamentos avançados como em vários concorrentes.

A nova Fiat Ducato 2023 também representa a nova fase da marca, com a sinergia com as grifes do grupo Stellantis. A geração anterior era importada do México, enquanto essa que chega às lojas é produzida na Itália, com muita similaridade com suas primas da Peugeot e Citroën. A mudança também pretende reforçar o produto; em 2022, dominou 37% do mercado total das vans. Isso é uma queda de 9% em relação a 2020: enquanto Ducato caiu, Renault Master e Mercedes-Benz Sprinter cresceram significativamente.

Para corrigir os erros, a Fiat optou por exemplo por não oferecer a versão chassi-cabine, cujas vendas na terceira geração ficaram aquém do esperado. O foco também será no preço e economia de combustível para atrair esse cliente 100% racional. Segundo a marca, a Ducato tem custo operacional em 100 mil km 13% menor que a média do mercado e cesta de colisão (para-choque, grade, farol, capô e paralamas) de R$ 9,9 mil, 20% a menos que a Ford Transit ou Renault Master.

O motor também é novo: sai o 2.3 Multijet de 130 cavalos e chega o 2.2 de 140 cavalos, ambos turbodiesel. Equipado contestado sistema start-stop, é 13% mais econômico com média de 10 km/l na cidade ou 9,9 na estrada. Câmbio manual de seis marchas.

Design e carrocerias

Uma van ou furgão é um produto, antes de mais nada, voltado para o trabalho. Mas na comparação com a geração anterior, evoluiu em beleza. Ficou com aspecto mais moderno e sem a cara de bobo anterior.O design segue a funcionalidade: para-choques em plástico preto, rodas de aço sem calotas.

O conjunto óptico segue posicionado na parte superior, mais protegido de eventuais colisões. O para-choque é dividido em vários segmentos para evitar uma troca do conjunto completo. Nas laterais, maçanetas verticais e proteções em plástico preto. Traseira segue em estilo muito semelhante à atual geração, com lanternas com novo desenho e também posicionadas acima.

O Fiat Ducato 2023 exibe no seu exterior a novo logo da Fiat. Porém, no volante o logotipo é o antigo! Isso porque o painel é exatamente o igual ao da atual geração: do lado de fora novidade, por dentro tudo igual. O bom é que o motorista conta com ajuste de altura nos bancos, ar-condicionado e direção hidráulica. Há diversos porta-trecos, inclusive com um refrigerado. Ao todo, são 37 litros de capacidade na cabine.

Como disse, nada de chassi-cabine. A Fiat Ducato 2023 será oferecida em cinco versões: Cargo 11,5 m3, MaxiCargo 13 m3, Multi 13 m3 (vidrada), Minibus Executivo com 17 lugares e Minibus Comfort com 19 lugares. As duas primeiras podem ser conduzidas por motorista com CNH categoria B; a vidrada exige C e as vans de 17 e 19 lugares são categoria D.

Ducato Cargo 2023: R$ 245.990

Opção de entrada, oferece 11,5 m3 de capacidade de carga e conta com os seguintes itens de série: com ar-condicionado, freios ABS, EBD, Controle de Estabilidade (ESC), GSI – Indicador de troca de marchas, apoio de braço do motorista, ganchos para acomodação de carga, Hill Holder (Assistente de Partida em Rampa), luz interna na cabine com temporizador e moldura de proteção nas caixas de roda.

Ducato Maxi Cargo 2023: R$ 249.990

Com equipamentos semelhantes à da CArgo, tem o teto alto, ampliando a capacidade volumétrica para 13m³, 1,3 toneladas de carga líquida e 5.998mm de comprimento. Apessr disso, pode ser dirigida por aqueles que possuem CNH do tipo B, pois tem peso bruto total de 3,5 toneladas.

Ducato Multi transformada em ambulância
Ducato Multi transformada em ambulância

Multi 13 m3 (vidrada): R$ 261.490

Antes chamada de Vitrato, agora é a Multi 13m3. É a opção ideal para o consumidor que vai fazer uma modificação no produto, transformando-o numa ambulância ou viatura, além de outras aplicações. Por sinal, a Fiat exibiu no lançamento uma opção de motorhome.

Vem com as mesas dimensões da Maxicargo, mas acrescenta mais itens como sensor volumétrico e pré-disposição para tacógrafo, vidros laterais e nas portas traseiras.

Minibus Comfort: R$ 309.990

Já na categoria D de CNH, a Ducato Minibus Comfort oferece uma das maiores capacidades de transporte de pessoas da categoria: são 19 lugares. Os bancos traseiros são fixos para elvar quase duas dezenas de pessoas. Porém, o encosto quase vertical e o pouco espaço para cada passageiro, tornam essa opção adequada apenas para transporte rápido ou escolar.

Nessa configuração, vem de série com ar-condicionado com duto central de série. Além disso, oferece o pacote opcional Pack Pass, com central multimídia touchscreen 7″ com Apple Car Play / Android Auto e câmara de ré.

Ducato 2023 Minibus Executive tem porta-malas de 1000 litros
Ducato 2023 Minibus Executive tem porta-malas de 1000 litros

Minibus Executivo: R$ 319.990

A top de linha Minibus Executivo leva duas pessoas a menos, mas o conforto agradece. Possui bancos reclináveis e comporta 17 pessoas. Nessa configuração, tem ar-condicionado com duto central (suplementar do salão de passageiros), porta-malas de 1000 litros, alarme com sensor perimétrico, piso do salão de passageiros, revestimentos laterais e do teto em ABS, isolamento termoacústico, tacógrafo digital, martelos de segurança, luminárias em LED e faixas refletivas laterais.

Apesar do preço, o cliente terá que pagar opcional Pack Pass para acrescentar central multimídia touchscreen 7″ com Apple Car Play / Android Auto e câmara de ré.

Motor e segurança

A nova Fiat Ducato 2023 ganha também novo motor e nova transmissão: vem com o Turbo Diesel de 2.2L, 140 cv de potência e 340 Nm de torque e tração dianteira. Produzido na Itália, ele é 7% mais potente e oferece 6% mais força no torque. Vem com o sistema start-stop, único no mercado. Com isso, a promessa da Fiat é de 13% a mais na economia.

O recurso desliga o veículo no momento de uma parada momentânea e retoma as rotações do motor quando acelerado, o que ajuda ainda mais no consumo de combustível. Contudo, essa tecnologia tem vários críticos entre os brasileiros e pode talvez contar mais contra do que a favor.

O bloco é acoplado com uma transmissão manual de seis marchas, MLGU, fabricada na França. A relação da última marcha é de 0,534 e pode atuar como overdrive na estrada. A manopla segue em posição elevada, bem próximo do volante, facilitando as trocas e ergonomia do motorista.

Confira estes conteúdos que estão bombando:
DPVAT 2023: seguro obrigatório não será cobrado
Porsche 918 Spyder tem o IPVA 2023 mais caro do Brasil
BOATO: mensagem no WhatsApp engana sobre Taxa de Licenciamento

Em relação à segurança, a Fiat oferece apenas o essencial em sua Ducato 2023. O modelo vem com sensor de estacionamento, hill assist, piloto automático, limitador de velocidade, controle de estabilidade (ESP), controle de tração (TC) e o LAC, um controle adaptativo de carga que mede o centro de gravidade para garantir a estabilidade lateral do veículo.

A Renault Master, que custa a partir de R$ 220 mil, oferece esses mesmos itens e acrescenta o sistema anti-capotamento, além do Sistema estabilizador de vento lateral (SWA). Já a Sprinter e Ford Transit vêm de série com ADAS, incluindo alerta e frenagem autônoma de emergência e alerta de ponto cego, dentre outros.

Ao volante

O Hot Fiesta fez um breve teste drive com o produto Itavepa (SP) dentro de um condomínio fechado. Por conta disso, pude dirigir a versão Minibus de 19 lugares, que exige categoria D na CNH. A posição de dirigir agrada, com facilidade de ajuste do banco. Também se destaca o amplo campo de visão, facilitado ainda pelos enormes retrovisores, que são ajustados eletricamente.

No pequeno trecho, que inclui aclives e declives, pude experimentar o motor 2.2 de 140 cavalos, que parece dar conta do recado. As trocas de marchas são curtas e precisas e o câmbio sugere um bom casamento com o bloco. Naturalmente, é uma condição específica, sendo que no dia-a-dia, com passageiros ou carga a história deve ser outra. Impressão, comparado com outras vans que já dirigi, como Transit e Sprinter, é que a Ducato anda menos.

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram

A nova Fiat Ducato 2023 ganha um frescor com essa nova geração com design mais atualizado e promessa de mais economia de combustível. Segundo a montadora, produto possui vários índices mais vantajosos ao consumidor PJ no longo prazo, de forma que acredito que permanecerá como uma das opções mais vendidas do Brasil.

Uma pena que a Fiat não tenha o interesse em oferecer mais itens de segurança, presentes em algumas rivais. Questionada, os executivos falaram que “não há essa demanda por conta do consumidor”. Câmbio automático também não há previsão. Ou seja, a marca pretende com o produto reforçar a posição no campo de entrada, deixando as opções completas e mais caras com as outras montadoras.