Bubble Beauty - Rolls-Royce Spectre concretiza profecia de 122 anos

0

Marca cumpre profecia do fundador e revela primeiro modelo elétrico. Rolls-Royce Spectre terá mais de 577 cv e elementos exclusivos de design

Rolls-Royce Spectre inicia nova era da marca inglesa
Rolls-Royce Spectre inicia nova era da marca inglesa


Sinônimo de luxo e alta performance há mais de 100 anos, a inglesa Rolls-Royce inicia uma nova era. A empresa revelou ao mercado seu primeiro modelo 100% elétrico. O Rolls-Royce faz parte da iniciativa da marca em só produzir modelos elétricos até 2030.

O modelo será lançado no quarto trimestre de 2023 e ainda realiza os últimos testes. O Spectre ficará entre o Cullinam e o Phantom e deverá custar na casa de US$ 413.500, ou cerca de R$ 2,1 milhões numa cotação simples.

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram

O novo modelo inicia uma nova categoria de veículo, que a Rolls-Royce chama de Ultra-Luxury Electric Super Coupé. O modelo é construído numa nova arquitetura de alumínio voltada para elétricos que o torna 30% mais rígido que os outros carros convencionais da marca. A bateria fica localizada sobre o canal de fiação, tornando o assoalho plano e protegendo as cédulas, que somam 700 kg.

O modelo, contudo, preserva as linhas básicas que revelam um Rolls-Royce, como a grade Pantheon, com palhetas mais niveladas, com função de direcionar o ar ao redor da frente do carro. E claro: a icônica estatueta Spirit of Ecstasy com design aerodinâmico. A grade é suavemente iluminada por 22 LEDs localizados na parte traseira jateada de cada palheta.

Na lateral, o carro exibe o perfil coupé tradicional de 23 polegadas no modelo. O Spectre conta com as com Starlight Doors e 5.876 pontos de LED que formam um céu estrelado no teto.

Leia mais:
BMW Série 3 oferece tela curva gigante do elétrico iX
Jeep Avenger é lançado no Salão de Paris 2022

O Spectre é construído sobre uma nova arquitetura de estrutura de alumínio altamente flexível, adaptada para modelos elétricos. As sofisticadas seções de alumínio e a integração da bateria na estrutura do automóvel permitem que ele seja 30% mais rígido do que qualquer Rolls-Royce anterior.

Foi criado um canal para fiação e tubulação de controle climático entre a bateria e o piso, proporcionando um perfil de piso completamente liso. A suspensão é do tipo adaptativa, com sensores que fazem a leitura do terreno.

A Rolls-Royce ainda não divulgou os números finais do conjunto elétrico. A expectativa é de uma autonomia de 416 quilômetros (ciclo EPA), enquanto o motor terá 577 cv e 900Nm de torque. Estima-se que o Spectre acelere de 0 a 100km/h em 4,5 segundos.

Curiosamente, um dos fundadores da marca “profetizou” que a empresa teria carros elétricos. No final do século XIX e começo de XX várias marcas testavam modelos elétricos, mesmo com as baterias jurássicas da época. “O carro elétrico é perfeitamente silencioso e limpo. Não há cheiro ou vibração. Eles devem se tornar muito úteis quando as estações de carregamento fixas puderem ser organizadas” declarou Charles Stewart Roll em 1900.

Leia também:

BMW inicia pré-venda do elétrico iX3 M Sport
Save the wagons: BMW vai lançar inédita M3 Touring
BMW 320i com parcelas de R$ 2 mil no plano Sign & Go