Fortune Gems - marca faz 22 anos no Brasil e inaugura museu

0

Memória Nissan é um espaço para preservar história da marca japonesa no Brasil. Acervo conta com cinco carros fabricados em Resende (RJ)

Memória Nissan: mini museu preserva história recente da marca
Memória Nissan: mini museu preserva história recente da marca

A Nissan completa 22 anos de presença oficial no Brasil neste mês de outubro. Como parte dessa celebração inaugura o Memória Nissan, um espaço que fica dentro do Complexo Industrial de Resende (RJ). Objetivo é preservar a história da marca no país.

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram

A Nissan já foi representada por empresas importadoras locais em diferentes épocas no Brasil – os primeiros registros datam do início dos anos 1950. Como subsidiária oficial, começou em 2000 comercializando veículos importados. A produção local começou com a a inauguração do seu próprio Complexo Industrial brasileiro, em 2014, em Resende (RJ).

“Chegamos aos 22 anos com uma base sólida e muitas novidades que nos preparam para um futuro promissor para a Nissan. Como a abertura do segundo turno na fábrica de Resende, o anúncio do investimento de até R$ 1,3 bilhão para a fabricação de futuros produtos e adoção de novas tecnologias na linha de produção, o lançamento do programa de carros por assinatura Nissan Move, a expansão do nosso plano de eletrificação e a renovação de nossos produtos, como o Novo Kicks e a Nova Frontier”, afirma Airton Cousseau, presidente da Nissan Mercosul e diretor geral da Nissan do Brasil.

O espaço Memória Nissan fica instalado no prédio da fábrica de motores, local da produção do motor 1.6 16V flexfuel que equipa o Nissan Kicks. Inicialmente, o acervo começa com cinco carros que marcaram a história mais recente da marca japonesa no Brasil e foram guardados por diferentes áreas da empresa. A partir de agora, ficam todos em um único lugar.

Nissan March

  • A unidade exposta é a que marcou o início oficial da produção no Complexo Industrial de Resende em 2014 e, por isso mesmo, na época da inauguração, foi assinada pelos funcionários.

Nissan Versa

  • Unidade que representou o início de produção em série do Versa no Brasil em 2015. Também foi assinado pelos funcionários da empresa na época.

Nissan March Rio 2016

  • Exemplar da primeira série especial que a Nissan criou em homenagem ao seu patrocínio aos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. A série foi lançada em 2016 e teve edição limitada e numerada de 1.000 unidades. O carro do espaço é o de número 1.

Nissan Kicks Rio 2016

  • Essa série especial marcou a pré-venda mundial do Kicks, especialmente para o mercado do Brasil, em uma ação realizada ao mesmo tempo que o Kicks rodava o Brasil como carro comando do Revezamento da Tocha Olímpica, em 2016. Essa unidade, fabricada no México, é um protótipo que foi usado, inclusive, para a gravação do primeiro comercial de TV do Kicks, feito em alusão aos Jogos.

Nissan V-Drive 

  • – Trata-se da última unidade produzida do modelo V-Drive no Complexo Industrial de Resende. Os últimos exemplares do V-Drive foram produzidos em agosto de 2021.

Além dos veículos, no Memória Nissan também estão expostos um motor de três cilindros 1.0 12V, que já foi produzido em Resende e equipou versões dos antigos March e Versa, e uma tocha dos Jogos Olímpicos Rio 2016. O espaço ainda conta com grandes painéis que destacam alguns momentos dessa história.

“Com o Memória Nissan passamos a ter um espaço que preserva o nosso passado e serve como uma ponte que nos conecta ao futuro que traçamos para a marca no Brasil, sempre lembrando do nosso DNA japonês e do caminho de inovação que seguimos”, explica Rogério Louro, diretor de Comunicação Corporativa da Nissan do Brasil.

Nissan Patrol 1951

O acervo é fixo, mas o espaço também permitirá a realização de ações especiais. E para marcar a abertura, um modelo raro está em exposição: um utilitário Nissan Patrol dos anos 1950. Mesmo não estando com suas características totalmente originais, esse modelo representa os primórdios da Nissan no Brasil, décadas antes da empresa chegar oficialmente ao país.

Entre 1955 e 1956, cerca de 400 unidades da primeira geração do Nissan Patrol (4W60) foram montadas no Brasil pela Varam Motores em sua fábrica em São Bernardo do Campo, em São Paulo. Segundo reportagens da época, os veículos tinham entre 35% e 40% de peças nacionais. Um pouco depois, a Varam Motores, que produzia também modelos de outras marcas, encerrou suas operações.

Antes das unidades brasileiras do Patrol, caminhões da Nissan, modelo 180, foram comercializados no país nos anos 1950 e 1951 pela empresa Mario Barros do Amaral S.A. No total, foram 35 caminhões, alguns trazidos em partes (CKD) e, depois, montados em solo brasileiro.

Como fica dentro das instalações industriais da Nissan, por enquanto, o Memória Nissan pode ser visitado pelos funcionários e em ações especiais para convidados realizadas pela empresa.

Nissan do Brasil – Dados e números

  • Criação: 23 de outubro de 2000
  • Investimentos no Brasil nos últimos 10 anos: R$ 3,45 bilhões (US$ 1,7 bilhão). Anunciou recentemente novos investimentos de até R$ 1,3 bilhão (US$ 250 milhões)
  • Localização: sede na cidade do Rio de Janeiro; Complexo Industrial em Resende (RJ), Centro de Armazenamento e Distribuição de Peças em Itatiaia (RJ); escritório com foco na área comercial e equipe de Design na cidade de São Paulo; Centro de Treinamento em Jundiaí (SP); áreas de Engenharia e Compras em São José dos Pinhais (PR).
  • Número total de funcionários: 2.600 pessoas
  • Capacidade de produção: 200 mil veículos e motores em três turnos no Complexo Industrial de Resende (RJ).
  • Produtos fabricados no Brasil: Novo Nissan Kicks e motor 1.6 16V flexfuel
  • Rede de concessionárias: 192 lojas em todo o país

Leia também: