Dragon Tiger Luck - NGK anuncia mudança de nome a partir de 2023

0

Referência no mercado de velas de ignição, NGK Spartk Plug terá novo nome no próximo ano. Empresa japonesa adota nomenclatura com palavras latinas

Japonesa NGK Plugs resolveu mudar de nome de olho no futuro (foto: Divulgação)
Japonesa NGK Plugs resolveu mudar de nome de olho no futuro (foto: Divulgação)



A NGK Spark Plug, maior produtora global de velas de ignição, anuncia a decisão de seus acionistas por mudar o nome do grupo em inglês para Niterra. O novo nome – que entrará em vigor no início do próximo ano fiscal, em 1º de abril de 2023 – reflete a jornada da companhia pela expansão contínua de seus negócios, alinhada às transformações em curso na indústria automotiva. 

RecebanotíciasnoWhatsApp!
Inscreva-se em nosso canal no YouTube
Assine nosso canal no Telegram

Ao combinar as palavras latinas niteo e terra, que significam, respectivamente, “brilhar” e “planeta terra”, o nome Niterra expressa o comprometimento do grupo em contribuir tanto para uma sociedade mais sustentável quanto para um planeta mais brilhante. Enquanto Niterra será o nome global, as marcas NGK (componentes automotivos) e NTK (sensores e ferramentas de corte) serão mantidas para os respectivos negócios.

De NGK para Niterra

Desde a fundação do grupo, em Nagoya, no Japão, em 1936, a NGK Spark Plug atua com destaque em velas de ignição. A linha de negócios relacionada a motores de combustão interna, contudo, compreende uma parcela da companhia, que também alcançou êxito significativo em outras áreas, como sensores e cerâmicas técnicas. Como o avanço carros elétricos, a proposta de mudança também tem a ver com a busca por novos segmentos no futuro.

Para Yuki Izuoka, presidente da NGK do Brasil, Niterra representa um marco na história do grupo, que amplia os seus esforços para dar ainda mais prioridade à sustentabilidade na operação dos negócios. “Cada vez mais precisaremos considerar o meio ambiente em toda tomada de decisão para proporcionar contribuições ao planeta e agregar novo valor às próximas gerações para além de sermos líderes globais”, declara o executivo.

No Brasil, a empresa atua há mais de 60 anos, conta com aproximadamente 1.300 funcionários e tem uma fábrica com 625 mil m2 em Mogi das Cruzes, SP. A empresa – detentora das marcas NGK (componentes automotivos) e NTK (sensores e ferramentas de corte).


LEIA TAMBÉM:
Prazo para renovar CNH volta a valer no Rio de Janeiro
Ministério da Justiça investiga ‘marmita’ do Toyota Corolla Cross


Toyota na mira da Justiça

'Marmita' do Corolla Cross foi parar em investigação do MJ
‘Marmita’ do Corolla Cross foi parar em investigação do MJ

A montadora Toyota virou alvo de investigação do Ministério da Justiça e Segurança Pública por conta do escapamento do Corolla Cross, que recebeu o ingrato apelido de ‘marmita’. A marca japonesa deverá prestar esclarecimentos sobre possível baixo padrão de qualidade das peças e suposta camuflagem do SUV médio na linha 2023. A investigação é promovida pela Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) e o próprio ministro da Justiça está empenhado na denúncia. Leia mais aqui!


Renda extra: que tal alugar seu carro para motorista da 99?

99 oferece oportunidade de PF virar frotista (Foto: Ivan Kazlouskij)
99 oferece oportunidade de PF virar frotista (Foto: Ivan Kazlouskij)

Uma iniciativa de compartilhamento de carros (carsharing) da 99 permite que proprietários de veículos ganhem uma renda extra com aluguel. Trata-se do 99Loc, um sistema de intermediação de aluguel de carros, que começou a operar há dois meses em Belo Horizonte, mas a idéia é expandir para outras cidades. Segundo a empresa, já existem 70 usuários cadastrados e 500 carros disponíveis. Confira!

Compartilhe isso: